2exame

Quantidade de brasileiros endividados era de 59,8% em dezembro de 2018 e já atingia, em janeiro deste ano, 60,1% das famílias. De acordo com pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), duas a cada dez famílias no país precisam converter mais da metade da renda em pagamento de dívidas. O percentual de inadimplentes também cresceu, de 22,8% em dezembro para 22,9% em janeiro, atingindo principalmente famílias com renda de até dez salários mínimos.

Segundo os dados da CNC, o cartão de crédito é a principal fonte de dívida dos brasileiros, representando 78,4% do total, seguido pelos 14% dos carnês e 9,7% dos financiamentos de veículos. A dívida por financiamento de carros, entretanto, tem sido a mais influente nesta tendência de elevação, tendo tido por si só um aumento de 39%, em relação ao ano de 2017. E, com altos juros bancários, este tipo de endividamento pode trazer ainda mais complicações.

 

“Para que um agente financeiro, como um banco ou uma financeira, conceda um crédito ou um financiamento aos seus clientes, é exigida uma garantia caso haja algum atraso no pagamento. Quando se trata de um financiamento para a aquisição de um veículo, a garantia passa a ser o próprio bem. Consequentemente, qualquer atraso no pagamento da dívida pode acarretar na busca e apreensão de veículos”, diz Leonardo Casellato, sócio-fundador da Novo Ideal Consultoria, consultoria financeira.

 

Os contratos de financiamento geralmente contêm cláusula que prevê a busca e apreensão do veículo em caso de inadimplência. Outras prescrições judiciais, contudo, muitas vezes são omitidas nos contratos, contribuindo com a apreensão e desfavorecendo os clientes que possuem pouca ou nenhuma instrução ou assessoria jurídica. “Ao invés de os agentes financeiros cobrarem apenas o que é devido, muitos valores são acrescentados, como honorários advocatícios, multas e juros devido ao atraso do pagamento, certamente com o intuito de inviabilizar o pagamento por parte do cliente e dar margem para o andamento da busca e apreensão de veículos, sejam carros, motos, caminhões ou até mesmo navios e lanchas. Nesses casos, é essencial contar com uma empresa especializada, como a Novo Ideal Consultoria”, completa Casellato.

 

É possível renegociar dívidas e ter melhores condições de pagamento

 

Fonte:
https://exame.abril.com.br/negocios/dino/endividamento-cronico-e-realidade-da-maioria-das-familias-brasileiras/